A honra e a arte de ser um Coach

por Alex Watson, da Revista Owners and Coaches

Um jovem japonês chamado Hiro entra em um de seus restaurantes japoneses preferidos em Tóquio. Ele pede para falar com o Chef de cozinha responsável pelo preparo dos alimentos:

“Eu quero ser um sushiman. Me contrate!”

O Chef para, olha para Hiro de cima para baixo, olha para sua equipe, e todos começam a rir histericamente.

“Qual é a graça?” pergunta ele.

Mas o chefe logo responde: “Você realmente quer ser um sushiman?”

“Mais do que nunca! Já li todos os livros, assisti inúmeros vídeos e experimentei diversos tipos de sushi.”

Então, o Chef diz:

“Então tá, esteja aqui amanhã que te ensinarei como ser um Chef.”

Na manhã seguinte, Hiro acordou com um sorriso imenso no rosto porque ele iria se tornar um verdadeiro mestre de sushi. Ao meio-dia, Hiro já se sentia pronto para cortar, montar e enrolar seus sushis, com avental e facas à postos para realizar seus primeiros cortes.

“Está pronto para ser um sushiman?”, perguntou o Chef assim que chegou.

“Eu já nasci pronto!”, rebateu Hiro.

“Ótimo, então vamos começar com o básico. Está vendo aqueles sacos ali? Leve-os lá para fora. Assim que fizer isso, preciso que você lave essas louças e as outras que irão aparecer até o fim da noite. Os clientes precisam comer em um restaurante limpo!”

“Sim chefe!”, exclamou o garoto.

E essa foi a única tarefa que Hiro teve nos próximos dois anos.

Porém, no dia seguinte, o Chef chegou dizendo:

“Parabéns Hiro. Você fez um excelente trabalho ao deixar este espaço limpo e organizado. Agora, permita-me te ensinar como você prepara um verdadeiro arroz.”

Hiro concordou e, agora, seu dever era deixar o arroz limpo.

Três anos se passaram e alguns de seus amigos haviam aberto restaurantes de sushi pela cidade. Eles caçoavam e zuavam Hiro de “Rice Boy”, deixando-o extremamente irritado a ponto de confrontar o seu Chef.

“Para mim chega! Estou aqui há 5 anos e nunca nem cheguei perto de fazer um sushi!”, ele disse.

“Você está certo, Hiro. Venha comigo que agora vou te mostrar como preparar os vegetais.”, afirmou o Chef.

E assim, mais um ano se passou, e o Chef teve o prazer de ver as habilidades de Hiro no corte de vegetais.

“Hiro! Você está indo muito bem na arte de cortar vegetais. Deixe esses pepinos de lado e venha aprender como se limpam e se cortam as carnes e os peixes.”, indagou o Chef.

Apesar da dificuldade, Hiro aprendeu a importância da precisão, paciência, foco e delicadeza. Ele estava se sentindo perdido no trabalho e era sempre colocado à prova pelo Chef. O que ele achava que era perfeito, na verdade não era tão perfeito assim. O que ele achava que estava fresco, nem sempre estava tão fresco assim. O que ele acreditava ser verdade, na verdade não era tão verdade assim. Ele estava começando a entender o quão pouco ele sabia e o quanto ele ainda tinha que aprender.

Dois anos depois, Hiro finalmente estava pronto para ter o seu lugar ao lado do Chef, não tão pronto para servir os clientes, mas a hora de fazer sushi realmente havia chegado!

Os restaurantes de seus amigos haviam fechado as portas por conta de poucos comentários e falta de higiene. Clientes se recusaram de comer seus pratos por conta do arroz não estar bem cozido, carnes e peixes estragados e sushis mal feitos.

Mas Hiro, por outro lado, havia atingido seu objetivo. Ele finalmente estava fazendo sushis, mas mais importante que isso, ele estava muito perto de se tornar um Chef!

Mais um ano se passou e Hiro agora estava servindo e interagindo com a clientela. Seus amigos agora se referiam à ele como “Chef”, enquanto eles mesmo se encontravam lavando louças e preparando o arroz em seu restaurante.

Em um certo dia, Hiro encontrou uma carta no bolso de sua jaqueta e começou a ler:

“Hiro,
Há cerca de 10 anos atrás você entrou em meu restaurante
pedindo para ser um Chef de suhi e eu te fiz uma promessa
de te ensinar como se tornar um. Hoje, estou muito feliz
em dizer que agora você tem tudo que precisa para se tornar um.
Eu sou Chef há mais de 35 anos, e isso exclui os 10 anos de limpeza,
preparação do arroz, o corte de legumes, carnes e peixes e os confrontos
com meu tutor. Hiro, um Chef não se transforma do dia para a noite.
Eu gostaria que você entendesse que ser um Chef é muito mais que um
título. Um Chef deve conhecer todos os aspectos do seu restaurante. Ele
deve conhecer um esfregão tão bem quanto uma faca. Ele deve assegurar
a qualidade de sua comida, porque ela não é apenas uma comida, é uma
extensão de você mesmo, do seu trabalho. Sushi é uma arte, e você deve
se orgulhar de trata-lo dessa maneira. Orgulhe-se deste título porque você
merece! Você dedicou vários anos da sua vida a isso, e agora você tem a
chance de se dedicar a vida toda para refinar ainda mais a sua arte. Até que,
um dia, alguém entrará em seu restaurante e dizer: “Chef, eu quero me tornar
um sushiman, me contrate!” e você irá dar risada, pois agora você entendeu
que para se tornar um, você deve ter muito tempo de prática, paciência,
tentativas e erros, mas, mais importante: respeito! Parabéns, Chef Hiro!”

Moral da história:
“Nos dias de hoje, parece que qualquer se auto intitula coach e abre um box. Por outro lado, agora eu percebo que devo ter limpado muitas academias, distribuído muitos panfletos, registrados clientes o suficiente, me confrontado com alguns tutores e treinado muitas pessoas para abrir o meu próprio centro de treinamento. Agora sim eu sinto que mereço o título de Coach e que devo passar o resto da minha vida aprendendo e mantendo os mais altos níveis possíveis para honrar a minha posição. Saúde e fitness são arte, e nada mais. Por este motivo, eu insisto que todos tratem elas dessa maneira.” Alex Watson.

Revista MyBOX

A MyBOX é uma revista brasileira com edições bimestrais especializada em conteúdo relacionado a exercícios funcionais, ginásticos e de força, além de treinamentos e aconselhamento nutricional por meio de reconhecidos profissionais da área. Com uma proposta colaborativa, pretendemos unir, engajar e dar voz à comunidade adepta da modalidade fitness em todo o país através da canalização e divulgação de informações e conhecimentos relevantes para a comunidade.

Você pode se interessar também por...