Como os WODs mudaram a vida de André Kaneoya

Foto retirada do IG @andrekaneoya

Foto retirada do IG @andrekaneoya


texto do head coach Andre Manabu Kaneoya, da CrossFit Cordylus.

Apesar de “gordinho”, sempre fui um garoto ativo na minha infância e adolescência. Futsal, natação, corrida e lutas foram modalidades que pratiquei durante um bom período da minha vida. Sempre sonhei em ser um profissional de educação física.

Queria trabalhar com algo que eu gostasse de praticar, porém, durante a faculdade e começando a conhecer melhor a profissão, percebi que o que eu praticava na época não era o que eu gostaria de fazer pelo resto da minha vida.

Depois de formado, atuei na área de musculação, acomodado com a situação e insatisfeito com o setor em que atuava. Assim como todo professor, exercia funções de coordenador, amigo e, em alguns momentos, psicólogo dos alunos.

Passei um final de semana inteiro refletindo se eu estava feliz com a profissão que eu tanto sonhei e percebi que eu queria mais. Queria criar uma modalidade que trabalhasse o corpo como um todo, que fosse uma atividade de curta duração e intensa. Coincidentemente na mesma época, um americano foi treinar na academia onde eu trabalhava e me deu a dica: “André, você já ouviu falar da metodologia CrossFit?”. Naquela mesma noite fui pesquisar o que era esse bendito e, assim como todos que assistem um vídeo pela primeira vez, fiquei empolgado e ao mesmo tempo sem entender como era feito tudo aquilo.

Corri atrás e encontrei uma tal CrossFit Brasil, que abriria suas portas naquele ano. Não pensei duas vezes e entrei em contato com o Joel Fridman pra tirar algumas dúvidas sobre o método. Fiz o primeiro curso introdutório ministrado pela CrossFit Brasil e foi um choque de emoções, onde eu voltava a acreditar que podia me realizar nesta profissão.

Comecei a utilizar o método, me informei melhor sobre alimentação com a orientação de uma nutricionista e me assustei com os resultados. Foram 11 kg em 2 meses, autoestima elevadíssima, empolgação e disposição para treinar e nível de qualidade de vida impagável.

screenshot-instagram.com 2015-07-08 09-59-57

Adotei o método CrossFit como profissão, como meu treinamento e como minha filosofia de vida. Descobri outros aspectos que me deixam com muito mais certeza de que mudei para melhor. O espírito de comunidade existente é algo que modalidade nenhuma tem: ir até outro box da sua cidade e ele não te tratar como concorrente, mas sim como um AMIGO de profissão, receber visitantes de outros lugares e querer que eles se sintam em casa, visitar boxes de qualquer lugar do mundo, se sentir acolhido e parecer que o coach já te conhece há um tempão, é algo que realmente não tem preço.

Hoje sou head coach da CrossFit Cordylus, em Florianópolis, motivado pela transformação que a modalidade proporcionou à minha vida e isso me incentiva cada vez mais a transformar também a dos meus alunos. Se eu conseguir dar mais qualidade de vida e independência a eles, estou plenamente satisfeito e certo de que estou fazendo um bom trabalho.

Sou muito feliz com o que faço e isso é determinante para o sucesso dos meus alunos!

Revista MyBOX

A MyBOX é uma revista brasileira com edições bimestrais especializada em conteúdo relacionado a exercícios funcionais, ginásticos e de força, além de treinamentos e aconselhamento nutricional por meio de reconhecidos profissionais da área. Com uma proposta colaborativa, pretendemos unir, engajar e dar voz à comunidade adepta da modalidade fitness em todo o país através da canalização e divulgação de informações e conhecimentos relevantes para a comunidade.

Você pode se interessar também por...