Fire Games comemora 104 anos do Corpo de Bombeiros do Paraná

por Rafael Leal, atleta da CrossFit Barigui

No mês de outubro a CrossFit Barigui promoveu, em parceria com o Corpo de Bombeiros do Paraná, uma competição de tirar o fôlego. O Fire Games reuniu competidores vindos de vários setores militares, além de civis para comemorar os 104 anos da corporação no Estado.

Durante o dia todo foram realizados alguns WODs (workout of the day) que mesclaram movimentos da metodologia CrossFit com atividades dos bombeiros como corrida com parceiro, agachamento com mangueira, burpees, carregamento de peso, entre outras. Além disso, em algumas baterias os integrantes das equipes tiveram que utilizar peças do uniforme dos bombeiros.

A competição aconteceu em duas categorias: uma formada exclusivamente por bombeiros e outra em equipes de até cinco pessoas e que deveria conter, pelo menos, um agente de segurança de qualquer setor. Entre os destaques está a atleta Fabi Batista, da CrossFit Barigui, que integrou a equipe Cross Fire, vencedora do primeiro lugar na categoria geral.

Foram dois WODs por equipe ao longo do dia, cada um com um grau de dificuldade. “O primeiro WOD não foi tão difícil no início, pois tínhamos que correr, cada um, cerca de 300 metros com o cilindro de oxigênio nas costas. Foi bem tranquilo até aí. Depois tivemos que fazer 100 burpees sincronizados em duplas, 200 agachamentos também sincronizados e com a utilização da mangueira dos bombeiros e, depois, 300 abdominais (sit ups) sincronizados. Essa segunda parte começou a pesar um pouco, mas foi possível”, explica Fabi.

Segundo a atleta, a terceira parte foi a mais intensa desse primeiro WOD. Correr 1 quilômetro em quartetos sendo que o quinto elemento deveria estar deitado na maca e ser transportado pela equipe. “Como eu era a integrante mais leve, fui levada pela minha equipe que quase conseguiu finalizar a prova. Apenas a nossa equipe e mais uma composta exclusivamente por bombeiros ficaram a poucos metros de completar o WOD antes do time cap. Essa parte foi a mais difícil”, diz.

A equipe composta por Fabi e mais quatro integrantes, sendo dois bombeiros, um coach e um aluno da Arena CrossFit, outro box de Curitiba. Para ela, o segundo WOD (o da tarde) foi mais pesado e difícil de ser cumprido de forma rápida. “Lembro que tivemos que carregar as toras de madeira de forma sincronizada e o movimento lembrava um thruster. Aquele sol escaldante dificultou ainda mais a prova. Depois tivemos que carregar o boneco que pesava cerca de 70 quilos nas costas e puxar o pneu com uma corda que toda hora enroscava. Esse WOD foi intenso e exigiu muito controle psicológico e de força“, revela a atleta.

Um dos pontos principais para a vitória da Cross Fire foi o trabalho em equipe e a concentração nos movimentos. Segundo Fabi, se o exercício for realizado de forma correta, cumprindo o padrão de movimento, com garra e um bom entrosamento entre os participantes, o caminho até a vitória fica mais fácil. Competitiva por natureza, a atleta puxou a equipe e incentivou os seus companheiros segundo a segundo nos WODs.

Para Fabi, a experiência foi única. Todos os movimentos eram de conhecimento da atleta, que pratica o CrossFit todos os dias. “É muito bom ver que a minha dedicação no CrossFit tem gerado resultados para a minha saúde e meus objetivos. Foi legal ver que estamos em um nível parecido com o dos bombeiros, já que a nossa modalidade se aproxima muito da atividade deles”, finaliza.

Revista MyBOX

A MyBOX é uma revista brasileira com edições bimestrais especializada em conteúdo relacionado a exercícios funcionais, ginásticos e de força, além de treinamentos e aconselhamento nutricional por meio de reconhecidos profissionais da área. Com uma proposta colaborativa, pretendemos unir, engajar e dar voz à comunidade adepta da modalidade fitness em todo o país através da canalização e divulgação de informações e conhecimentos relevantes para a comunidade.

Você pode se interessar também por...