Iniciantes, experimentem a intensidade!

Nos primeiros treinos de CrossFit, você irá realizar diversos WODs adaptados. Enquanto a metodologia é notoriamente intensa tanto para iniciantes quanto para avançados, tenha em mente que você não precisa vencer o workout para experimentar o que realmente é a intensidade.

Com tanto que você esteja adaptando os treinos – seja no volume de repetições, cargas ou qualquer outro elemento técnico – lembre-se de ficar sempre no meio do caminho. A não ser que você esteja fazendo o WOD como prescrito, terminar em primeiro é uma garantia de que adaptar foi uma escolha inapropriada (sim, você poderia ter forçado um pouco mais!). É claro que desafiar-se com cargas ou movimentos complexos ao ponto de todos ao redor estarem torcendo por você por alguns minutos depois de terem terminado é uma falha na direção oposta.

Apesar de tudo, o principal ponto de adaptar os WODs é de direcionar o estímulo pretendido com aqueles exercícios para todos os níveis de alunos do box. Como não existem “bônus” para aqueles que finalizam o workout, a melhor prescrição para evoluir é continuar desafiando-se diariamente e descobrir aos poucos o que você realmente é capaz de fazer. Por isso, não há necessidade de “se matar” para ficar em primeiro do quadro e dominar a lousa nesse ou naquele dia.

scaled-1 Se você é sortudo o bastante por ter um ótimo coach, ele ou ela irão te ajudar a adaptar os exercícios e contextualizar o porquê de cada adaptação. Por exemplo, você deveria escolher uma carga para que possa executar dois ou mais rounds sem quebrar. Porém, se o melhor aluno da aula está quebrando as repetições e você está tranquilo, observando isso enquanto faz o seu dever de casa, sim, a sua carga está relativamente leve demais.

Esta é apenas uma das formas de percebermos que precisamos de algum refinamento, seja no movimento ou até na “coragem” de colocar cargas mais elevadas. Seus colegas de treino e coaches com certeza irão te dar inúmeros feedbacks sobre a sua evolução. Finalizar o WOD em primeiro lugar (nos níveis adaptados), nos faz pensar que poderíamos ter colocado um pouco mais de carga ou, ainda, ter tentado uma opção de movimento mais complexa. Por outro lado, finalizar em último lugar quer dizer que você deveria ter pegado mais leve ou adaptado um movimento que ainda é complexo para você.

scaled-2
Aprender e refletir com as suas performances, especialmente quando comparadas com a dos outros alunos do box, te ajudarão a evoluir. Até você se tornar o mais condicionado da turma, o objetivo não é vencer – é progredir e evoluir. Afinal, você também conseguirá atingir seus objetivos e terminar seu treino largado no chão mesmo no “scale”.

Fonte: The Box Magazine

Revista MyBOX

A MyBOX é uma revista brasileira com edições bimestrais especializada em conteúdo relacionado a exercícios funcionais, ginásticos e de força, além de treinamentos e aconselhamento nutricional por meio de reconhecidos profissionais da área. Com uma proposta colaborativa, pretendemos unir, engajar e dar voz à comunidade adepta da modalidade fitness em todo o país através da canalização e divulgação de informações e conhecimentos relevantes para a comunidade.

Você pode se interessar também por...