Por que os boxes de CrossFit precisam de mais coaches mulheres?

Não temos o que discutir, as mulheres possuem uma presença única e original. As conexões pessoais, o estilo de comunicação e a expressão emocional que elas possuem variam e muito dos seus homólogos masculinos. Em qualquer academia “mista”, onde homens e mulheres treinam juntos no mesmo espaço, uma mulher pode ser a chave essencial para a diversificação da equipe e para o oferecimento de experiências variadas para uma sociedade diversificada.

Aqui estão algumas ótimas razões pelas quais todo box deveria ter pelo menos uma coach:

Carinho

Embora sempre existam exceções, as mulheres geralmente demonstram tendências mais carinhosas que os homens. E mesmo que o CrossFit não seja uma metodologia que necessite desse carinho e calor humano exacerbado, alguns atletas podem exigir um pouco mais de incentivo e ajuda do que outros. As mulheres tendem a ser um pouco mais sintonizadas com lutas emocionais e mentais e com tudo o que acontece ao redor, e tendem ser um pouco mais delicadas para lidar com essas situações. Principalmente no início, quando iniciantes passam por estágios de desconforto, medo e falta de confiança, elas podem ser de grande ajuda. Essa abordagem mais “afetiva” pode ser um meio bem sucedido de despertar a vontade e fazer com que as pessoas sintam prazer em sua nova jornada de condicionamento físico.

Relacionamento

Quando se trata de instruções físicas, algumas mulheres geralmente respondem melhor à outras mulheres. É claro que homens e mulheres possuem capacidades físicas diferentes, o que quer dizer que algumas se sentirão muito mais confortáveis quando descobrem que uma treinadora do mesmo sexo estará lá para ajuda-la e apoia-la. Caso ela esteja “naqueles dias” ou tem algumas preocupações com gravidez, com certeza será melhor e mais fácil se a treinadora se envolver nestes assuntos. Embora um homem possa entender toda a fisiologia muito bem, uma mulher poderá se relacionar de uma maneira muito mais poderosa.

Definição de padrões

Um grupo de mulheres, deixados em um ambiente competitivo por conta própria pode se unir para criar uma grande comunidade… ou talvez não. Ambientes fitness são sempre pontos de encontro interessantes para o sexo feminino. Elas são inteiramente capazes de demonstrar um comportamento amadurecido, mas não há como negar que, às vezes, possa haver um dimensionamento ou julgamento. E uma maneira de diminuir a negatividade rapidamente é ter uma líder feminina firme e forte na equipe, um rosto amigável, com voz ativa e que transpareça um grande exemplo de apoio e encorajamento para seus e suas atletas. Uma mulher que consiga definir um tom e um padrão realmente positivos para poder pavimentar o caminho do progresso de um grupo inteiro!

Perspectivas diferentes

Homens e mulheres experimentam a vida de maneiras muito diferentes. Cultura, demografia e gênero desempenham um papel enorme na forma como as pessoas pensam. Aproveitar e abraçar algumas dessas diferenças pode fornecer uma experiência maravilhosa pra qualquer um. Ao considerar a variação de gênero nos treinadores do seu box em vez de fornecer um único conjunto de estilos, ideias e conceitos é algo que pode favorecer e beneficiar todos dentro da sala tanto em sua vida atlética como pessoal.

O fato é que homens e mulheres têm percepções, experiências e reações bastante distintas. Não existe treinador perfeito e não existe um estilo certo ou errado, e por isso ter uma equipe diversificada torna a experiência de todos envolvidos com o CrossFit mais acessível e confortável.

Fonte: The Box Magazine

Revista MyBOX

A MyBOX é uma revista brasileira com edições bimestrais especializada em conteúdo relacionado a exercícios funcionais, ginásticos e de força, além de treinamentos e aconselhamento nutricional por meio de reconhecidos profissionais da área. Com uma proposta colaborativa, pretendemos unir, engajar e dar voz à comunidade adepta da modalidade fitness em todo o país através da canalização e divulgação de informações e conhecimentos relevantes para a comunidade.

Você pode se interessar também por...

  • Thiago Oliveira

    Caralho, parece aqueles programas do discovery falando de um grupo de animais recém descobertos: “Um grupo de mulheres, deixados em um ambiente competitivo por conta própria pode se unir para criar uma grande comunidade… ou talvez não. Ambientes fitness são sempre pontos de encontro interessantes para o sexo feminino”.